Calderano é o melhor da América Latina no ranking da ITTF

O resultado do mesatenista Hugo Calderano nos Jogos do Rio 2016 rendeu a ele uma posição expressiva no ranking mundial. De acordo com a lista divulgada pela Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF), mesmo com a queda nas oitavas de final, Calderano passou a ocupar a 31ª posição, melhor colocação de um latino-americano na história. A marca anterior também era de um brasileiro, Gustavo Tsuboi, que foi 33º em novembro de 2014. Em um esporte dominado por orientais, esta é uma colocação a ser comemorada.

“Fiquei muito feliz com essa nova posição. Vinha treinando bem há algum tempo, mas não tinha subido no ranking. Agora, isso me dá muita motivação e confiança para os meus próximos campeonatos. A Copa do Mundo, que vai ser meu próximo evento internacional, vai ser uma outra boa oportunidade para competir com os melhores do mundo”, destaca Calderano.

O mesatenista, que tem apenas 20 anos, iniciou as competições na Rio 2016 como o número 54 do mundo. Passou pelo cubano Andy Pereira, pelo sueco Par Gerell e pelo atleta de Hong Kong Tang Peng, 16º no ranking mundial. Depois de uma partida extremamente equilibrada contra o japonês Jun Mizutani, que terminou com a medalha de bronze, Calderano se despediu da competição. O brasileiro é atleta do Ochsenhausen, da Alemanha, e, agora, foca suas atenções na Liga Alemã.

Comente aqui

Related Posts